F L X G Instagram

Quer saber das taxas de cesariana de seu médico?

Dá pra saber sim!!! 

Ontem fizemos uma “LIVE” no face e instagran e falamos muito sobre o parto respeitoso, amoroso, humanizado e adequado…sobre ter um preparo para o parto e também sobre a escolha de uma equipe que respeite suas vontades!

E no Brasil sabemos que ao iniciar uma gravidez, 90% das mulheres iniciam esse período com vontade de ter um parto normal, e com o passar do pré natal esse índice cai abruptamente ( chega a menos de 40%) e  que a maioria dos obstetras aqui no Brasil ainda desencorajam as mulheres a aguardar o “trabalho de parto” e um parto natural ou normal….

Essa triste realidade nos deu o “recorde”  de país com o maior número de cesárias desnecessárias do mundo, em 2009 e nosso governo teve que repensar as  diretrizes em relação à saúde da mulher e do bebê, devido a esse triste indice.

Pois bem, desde então temos mais leis a nosso favor, como a que não permite mais marcar uma cesária antes da mulher completar 39 semanas ( mas que ao meu ver deveria ser uma lei ora que todas as mulhers em condições saudáveis deveriam entrar em trabalho de parto) e temos uma Resolução da ANS (06/07/2015) que OBRIGA os planos de saúde fornecerem para todas as usuarias de seu convênio, as taxas de cesarias do plano e dos obstetras conveniados nesse plano. 

image


A advogada Alessandra Kauer, de Santos, está grávida e foi atrás das informações e obteve: “ Consegui ver pelo site do meu plano de saúde. Coloquei o número da carteirinha, senha, e tem várias informações sobre o plano, inclusive onde procurar os médicos. Lá tem uma aba que permite consultar sobre os médicos e as taxas de parto normal e cesariana”, afirma a gestante, que depois dessa consulta procurou uma nova médica pra fazer seu pré natal, já que quer um parto normal e está se preparando pra isso.


Aki vc encontra a resolução da ANS na íntegra:

http://www.ans.gov.br/planos-de-saude-e-operadoras/informacoes-e-avaliacoes-de-operadoras/taxas-de-partos-cesareos-por-operadora-de-plano-de-saude

Mas lembre-se que os convênios não estão acostumados ainda com essa resolução, emtão paciencia e insistência são necessárias. 

Tenha em mãos o nome completo de seu médico/a e o ligue pra operadora ou mande um mail. Eles têm o prazo de até 15 dias pra te retornar.

Se seu médico não atende seu plano, mas é conveniado a outro plano, vc pode ligar nesse plano que ele é convenidao.

Lembrando ainda que a taxa que o plano irá te fornecer refere-se ao percentual de cesária daquele ano e apenas daquele plano, ou seja, se ele/a for conveniado a outros planos, a taxa pode mudar 👀

Caso seu médico/a não seja conveniado, é importante saber nos hospitais que trabalha se ele/a só marca cesaria  ou se costuma fazer partos por lá.

Outra dica é conversar na sala de espera e perceber se a maioria das mulheres que estão lá na consulta pós parto tiveram cirurgia ou partos vaginais. E ainda, uma outra dica é perceber se sua consulta às vezes é desmarcada, porque o médico/a está com alguém em trabalho de parto 😉

Algumas cidades, as próprias mulheres oesquisaram e fizeram uma lista com o nime dos médicos/as e suas taxas de cesarianas e parto normal…fica ai a dica pra Vcs!!!

Bora fazer uma lista em sua Cidade? 

Aki algumas que já foram feitas: http://emais.estadao.com.br/blogs/ser-mae/mulheres-divulgam-listas-com-os-indices-de-cesareas-de-obstetras-que-atendem-parto-pelos-planos-de-saude/

Dia da gestante é dia de informações! Confira tudo que preparamos pra  Vcs

Dia da Gestante - Relato Parto hospitalar - Andiara

Meu primeiro parto foi muito doloroso! Em todos os sentidos! A médica q me acompanhava dizia q a única certeza q temos é de uma cesárea! “Vc só sabe se terá condições de um parto normal na hora”, ela dizia. Mantive meu plano de saúde, pois julgava q com um convênio seria mais bem atendida na hora do parto! Mero engano… fui para o hospital para ganhar com o plantonista. Estava assustada, com medo, sozinha… enfermeiras entravam e saiam e não me falavam nada! A médica em nenhum momento pediu ou me explicou qq ato q fosse realizar, mesmo sempre tendo q colocar a mão no meu corpo. Cheguei no hospital c/ 5 de dilatação e tão logo me internaram, já me deitaram na cama e me colocaram no soro. As enfermeiras disseram p/ minha mãe q me acompanhava no corredor q ficasse “tranquila”, pois eu iria passar o final da noite e madrugada ali, afinal embora a dilatação, contração, estivessem acontecendo junto de forma ritmada e diminuindo c/ o tempo, era minha primeira filha e partos demoram no mínimo 8h! 30 minutos depois perceberam q eu não passaria daquele dia (minha filha nasceu menos de 3 horas depois da internação)

A médica veio me examinou sem pedir e ainda disse q eu deveria fazer força “embaixo”, pois “o q vc esta fazendo não serve p/ nascer nem um passarinho”… saiu da sala e voltou paramentada. Eu ainda estava no quarto c/ 9 dilatação qdo a médica estourou minha bolsa sem falar nada! Eu apenas vi ela colocando a imensa “agulha” ao lado da cama depois de usá-la. Veio uma dor muito forte e a médica disse “agora vc espera e não faz força pq temos q chegar ao centro cirúrgico”. Trouxeram uma maca e mandaram eu sair da cama e deitar nela. E entrando no centro cirúrgico q eu saisse dela e deitasse naquela mesa fria, gelada, colocasse as pernas para cima e então fizesse  força p/ minha filha nascer. A médica então me fez aquele corte horrível no períneo e logo após minha filha nasceu…

Não bastasse toda a mistura de sentimentos: estava triste, com medo, vazia, me sentia violentada e pensava “isso é ter um filho por parto normal??

 Deveria ter feito cesárea…” Logo após o nascimento dela eu comecei a me tremer toda! Não era frio, mas me trouxeram cobertores e uns 10 minutos depois, me “apresentaram” minha filha já td embrulhada (eu tbem, debaixo daqueles cobertores) e então, a levaram p/ o banho, me entregando ela mais de 1h depois… meu 1° contato c/ ela foi apenas  visual e por alguns segundos… isso eu não desejo p/ ninguém!!!

No meu 2° parto eu já tinha ouvido falar de doula, parto humanizado e comecei a ir atrás de informações! Não tinha convênio e comecei a buscar hospitais públicos que “oferecessem” um parto mais humanizado! Queria esclarecer as dúvidas, perguntei e nesse meio encontrei a Adriana Vieira, da Namaskar Yoga. E lá fiz curso com meu marido, de Preparo para o Parto, participamos de encontros como as Rodas p Gestantes, e até festas juninas, etc

Já estava resolvida q queria alguém comigo, q aliviasse minhas dores, mas q antes de qq coisa estivesse ao meu lado! Qdo ela disse q acompanhava partos em casa me apaixonei! Então, fui p/ um hospital público e já me internaram pois estava c/ 5 dilatação novamente. A médica disse q só me colocaria no soro se eu quisesse. Pude ir andando para a sala de parto, onde fiquei a vontade, entre o chuveiro (que p/ mim foi maravilhoso) e o quarto! Eis q uma enfermeira obstetra vem me examir e diz “mãezinha, qdo a contração diminuir e vc puder ajudar eu te examino”… escutar isso foi a glória, parecia q eu estava no paraíso! E assim foi qdo ela terminou de examinar e disse “vc esta c/ quase 8. Vou marcar no prontuário e mais ninguém vai te examinar”. Nem parecia q eu estava num hospital público! 

O tempo das contrações foram diminuindo e eu voltei p/ o chuveiro. Deitei no chão do banheiro já sentindo meu quadril se dilatar. A Adriana foi colocando umas mantas p/ q eu deitasse qdo escutei o pai da criança gritar em tom assustado “vai nascer! Cade a médica?” (hoje, risos meus dessa frase). Esta chegou e perguntou se eu queria levantar e ir para a cama e eu apenas balancei a cabeça negativamente pensando comigo “daqui só saiu qdo ela nascer”, tempo este q demorou até a próxima contração. Qdo esta começou eu senti minha filha saindo, mas não tive dor alguma nesse momento. Tão logo ela saiu e eu já a senti no meu colo!! 

A médica deitou-a em meu peito no segundo seguinte!!! Passado alguns minutos o pai foi convidado a cortar o cordão umbilical e logo após eu me levantei e fui para o quarto, onde minha filha começou a mamar!!! 

Senti dores? Senti, mas fui muito feliz no meu parto!!! E espero q todas as outras mulheres possam ter experiências tão maravilhosas qto… cada uma a sua, em especial!! 

Gratidão a todos os q participaram desse momento maravilhoso para mim!

Dia da Gestante - Humanização é moda?

Bom dia e um lindo e especial Dia da Gestante pra Vc!!! 

Eu amo celebrar muitas datas, e essa aki é bem especial pra mim por “N” bons motivos…sou mãe de 3 e amei estar grávida, gerar, parir, amamentar e enfim …adoro esse mundo de mães, pais e bebês, e então a vida me levou pra ainda mais perto disso tudo, e há mais de 10 anos dou aulas de Yoga pra gestantes.  E antes mesmo disso tudo acontecer, numa viagem à Holanda, aprendi sobre uma nova profissão: as Doulas , então, como a vida da voltas a gente precisa aprender a dançar no seu tom…um dia, uma aluna de yoga me tornou sua Doula ….e assim estou…há dez anos!!! celebrando e ajudando outras mulheres a celebrar….

E celebrar a gravidez, o nascimento e uma nova família é sempre bom demais!!! 

E hoje em especial, quero trazer pra vocês algumas novidades na área da humanização e do parto e nascimento, pois tenho ouvido tanta besteira de alguns médicos ainda, e de outras pessoas muito desatualizadas, que resolvi aproveitar esse dia especial pra fazer uma matéria bem esclarecedora sobre o assunto.

O que me inspirou, na verdade, foi a fala rude de uma médica nada humanizada à uma gestante amiga…além da médica perder essa paciente e outras tantas ao redor delas, se mostrou desatualizada e antiética com outros colegas….mas rudezas e indeicadezas aparte, vamos fazer desse limão uma bela limonada…bora lá … vamos ao ponto interessante….

A gestante que era paciente dessa médica, apenas perguntou se ela poderia ir para um hospital adequado pra ter seu bebê e se essa médica ( a desatualiada) poderia ir lá acompanhá-la, já que lá tem suítes pra partos normais…

A resposta da médica 01 foi : - “esse negócio de humanização é modinha e nós obstetras sabemos o que devemos fazer na hora do parto, não se preocupe com isso agora, pode deixar que farei o possível… Mas não irei pra outro hospital não, não será preciso, pois aqui tem tudo que ire mos precisar

Oi?

Bom, nem preciso dizer que a gestante, bem informada e sabendo o que quer já mudou de médica e vai ter o parto como quer e onde quer…e poderia até dar umas dicas pra que a antiga médica e o hospital que ela trabalha ( que não tem nem salas de pré parto e nem pra parto normal, apenas um centro cirúrgico, onde eles tentam induzir todas as gestantes a irem pra lâ e ainda por cima, sem seus companheiros) que há novas diretrizes do governo federal para partos normais, e que àqueles que não se adequarem as novas práticas, realmente estarão fora do mercado logo mais….e seus hospitais retrógrados e apenas com centros cirúrgicos - nem centro obstétrico é- também terão que se reformular e ofercer salas de PPP ( sala d epré e pós parto) de verdade! 

….e que a humanização não é moda não, e sim um direito de todos os seres humanis, e em todas as áreas da saúde, inclusive no parto e nascimento…

Triste história real do Brasil:

Em 2009 nosso paÍs ganhou o triste record de país com maior número de cesárias desnecessária do mundo. Chocante né, triste demais. Fomos notícia no Br e no mundo.

image

E assim passamos anos e mais anos ma cultura “enganosa” de que a cesariana era a que “salvava, bebês. Por isso, médicos, hospitais, equipes, e casais, gestantes, se acostumaram a achar que a cirurgia era melhor para as mulheres e para os bebês. 

Entãoo governo brasileiro vem promovendo ações para mudar essa cultura e recuperar a saúde e bem estar de mães e bebês, e incluir a participaçãoa dos pais cada vez mais na gestação, parto e nascimento.

Aqui um exemplo:

image
image

E um outro por aki

image
image

E tem mais 

image
image
image
image
image
image

Assim como não deveria ser moda a humanização, e sim uma prática respeitosa para com as mães, bebês, pais, com a família que se forma, a humanização deve ser uma rotina em todo e qualquer hospital: público e privado também. 

E os hospitais privados e públicos do Brasil podem também aderir ao Projeto Parto adequado, elaborado pela ANS

Em Santos, o hospital São Lucas aderiu e mudou a maneira de nascer em benefício de todos, como afirma a coordenadora do projeto. Confira


image


Humanização não sai de moda…porque é amor, muito amor ❤😘🙏🏻😇

Dia dos Pais - o que é paternidade consciente?

Ahhhh! Como eu amo celebrar o Dia dos Pais e amoooo porque tenho um grande exemplo de homem como Pai. Uma figura partena forte, presente, que me deu carinho, proteção sempre,me deu escolhas, me deixou crescer e me desenvolver me amparando, e nunca me modifcando…me respeita e me ama como sou! Meu Pai, um ser  humano maravilhoso, generoso, amoroso, e se eu for falar Dele, falo dias e dias e nunca terminarei a gama de elogios e tanto amor que sinto por ele….e celebramos muito, e sempre, não apenas e, dias e datas especiais….celebramos a cada encontro! 

image

 
E o Pai da minha Dorinha também… só elogios a fazer!!! Um paizão, super presente, cuidador, responsável e que entende o que é a Paternidade Consciente!!! O Reném iniciou a “carreira de pai “ aos 47 anos e sempre foi consciente e presente! E nunca falou em dividir ou não tarefas…e sim em  juntos cuidar dela, e cada um de nós dois com suas próprias habilidades e talentos pra poder fazer o melhor para Ela, por Ela e com ELa. Ele gosta de brincar com ela na terra e contar histórias, eu de praticar yoga e fazer sopas. Ele faz panquecas , e eu ensino ela a comer frutas…eu levo para escola, e ele gosta de buscá-la…ele fala com ela em holandês e eu em português, e assim vamos…juntos passeamos bastante, gostamos de curtir nosso jarddim, ou melhor, o jardim da Dorinha, que aliás, iniciamos esse jardim por conta de seu nascimento….

image


Mas então, o que é essa tal paternidade consciente? 

Gosto muito de pensar que é o óbvio, o mais simples e o que o nome já diz: que todo pai que nasce ( pois os pais nascem geralmente após seus filhos), deveria ter consciência da importância que tem para seus Filhos, seus Frutos.

Mas a Paternidade Cosnciente começa na sexualidade….transar requer consciencia de que pode -se gerar um bebê nessa ação e que daki em diante ambos, o homem e mulher, virão a ser pai e mãe.

Paternidade Consciente é ainda é colaborar com a parceira que está fisicamete  gerando o bebê para vocês dois, então comece a cuidar de  seu bebê quando ele estiver sendo gestado. Como? Cuidando bem de sua parceira! 
Ela vai estar mais cansada sim ( está 24 hs por dia produzindo um novo e único SER), estará mais sensível e emotiva ( mudanças hormonais),pode ter enjoos, inchaço, etc. capriche nos mimos e massagens mesmo, pois ela merece e seu bebê tbem!  

 Paternidade consciente é também colaborar para que seja um bom parto para mãe, vc e o bebê aconteça. Um parto respeitoso, amoroso, com profissionais que escutem e ajudem vcs a encontrarem o que precisam. Ouça sua pareceira, suas necessidades, se informe tanto quanto ela sobre o parto e nascimento, sobre as interveções que não precisam ser feitas nem nela, nem em seu bebê. Sobre a amamentação, que requer muito tempo, paciencia e apoio dos companheiros. Colabore com o silencio, preservando vcs de muitas visitas e  palpites desbecessarios…informe-se antes do parto. Se preparem para o parto e a paternidade/maternidade.

Paternidade consciente é também saber das leis que podem ajudar vcs dois a terem seu direitos respeitados, como por exemplo: lei do acompanha te, lei da doula, o contato pele a pelo preconizado no pós parto imediato, etc.

E a paternidade consciente vai além do parto, pós parto, da amametação , do puerpério e exterogestação…. é uma condutade Vida….de carater.

Ser Pai consciente é uma grande oportunidade de ser alguém melhor….as crianças tem o dom de fazer issos conosco….nos transformam, e muito e a cada dia….se assim permitirmos!!!
Conheço  muitos e muitos pais conscientes, pois trabalhando como Doula e ministrando cursos de Prepapo para o Parto, tenho a oportunidade de conhecer muitos casais, e a maioria deles já chega aberto pra conhecer e saber mais, seja sobre o parto ou maternidade e paternidade. E tenho a felicidade de ver homens se transformando em pais maravilhosos e usufruindo da Paternidade Consciente em grande estilo! E que maravilha….pois isso só gera famílias mais harmoniosas, crianças mais seguras e saudáveis, fisica e mentalmente! 

image

“ Paternidade ativa e consciente é quando o pai não é apenas um figurante, e sim, ele só não amamenta…ajuda a fazer dormir, dar banho, trocar, dar comida…ajuda no cuidado, cairnho, atenção e dando exemplo pra que ela se espelhe, e cresça uma criança correta, educada e cheia de amor. É ainda quando o parceiro e a mulher agregam, juntos pra formação da criança”. Edilson, pai de AnaLu. 👏👏👏👏👏👏👏👏Quero citar aki ainda alguns pais blogueiros e um pediatra querido e humanizado que admiro e indico que os leiam, ouçam e curtam 😘

image


⁠⁠A Giulia (4 meses) veio para a minha vida como a realização de um sonho! Desde o primeiro dia que descobri que seria pai senti que minha vida tinha uma extensão fora do meu corpo!! Quis participar de cada novidade, cada ultrassom, sentir cada mexidinha na barriga. Sempre passei pra ela todo o amor que sinto por ela desde o momento que soube que seria pai! O parto foi um momento único!! Vivenciar a chegada da nossa vida foi sensacional! Estar ao lado da mulher que eu amo e juntos podermos receber a nossa pequena foi lindo!! Um momento que jamais esquecerei. Precisava ter certeza que nossa filha chegaria ao mundo e teria na sua recepção todo nosso amor concentrado! Ela com certeza sentiu que ali tinha um pai e uma mãe que conceberam ela juntos e que não viam a hora dela vir ao mundo. Tenho até hoje a foto da camisa marcada com sangue como um troféu desse dia inesquecive!!

Dali em diante faço questão de estar ao lado dela e da Camila ( minha esposa) sempre que possível! Infelizmente a vida atribulada não permite que fiquemos grudados, mas busco aproveitar intensamente os momentos com ela!! Amo trocar ela, todos os banhos faço questão de dar desde a primeira semana, dou banho de ofuro, boto para dormir, troco fralda! Quando estou em casa sempre fico grudado nela! Quando não estou peço fotos e gosto de saber tudo que acontece!  Na verdade eu participo de todos os momentos da vida da nossa pequena! Não penso que devemos dividir atribuições mas sim nos unir em todas elas para que nós três  possamos curtir cada momento juntos! Cada coisinha nova conhecemos juntos. Acho fundamental vivenciar todos os momentos do crescimento dela porque o tempo voa. Não quero perder nada! Nossa ligação é muito mais do que física mas isso só faz com que eu queira ficar sempre grudado com ela. Quando estamos juntos não existem problemas no mundo! É só nós, a Giulinha e felicidade plena!

image


Há pais que superam as expectativas da participação. Que vão além do que se espera deles. Tive o privilégio de ter um pai assim. Após a separação, contrariando a maioria dos casos, eu e meus irmão fomos morar com meu pai. Ele assumiu a responsabilidade sozinho de nos crisr, educar, cuidar, e amar sozinho. Tenho um irmão com paralesia cerebral que teve todo cuidado necessário pelos esforços que meu pai dedicou a ele. Posteriormente casou-se de novo, com uma pessoa fantástica que só veio tornar essa nossa jornada mais feliz e recompensadora.  Por Priscilla Lucena. 


Quero citar aki ainda alguns pais blogueiros e um pediatra querido e humanizado que admiro e indico que os leiam, ouçam e curtam 😘

Blog do Cacá 
Paizinho, virgula
Pai pop
Tricô de pais - podcast


Um feliz dia dos pais pra todos Vcs que realmente são pais de verdade e merecem celebrar esse dia todos os dias!!!! E viva a Paternidade ativa e consciente!!! 

Lua Cheia - feminino em alta

image

Com o passar dos anos, trabalhando com grávidas, fui cada vez mais percebendo a influência das luas em nós mulheres…não apenas nos nascimentos, mas também nos trabalhos de partos e partos mesmo… no dia a dia de todas nós. 

Tenho uma admiração enorme pela beleza lunar, uma paixão mesmo  e estudar a lua, suas fases e toda influência que temos dela me inspira….

image

A lua representa a mãe, quem gera, quem cria, que dá a luz, quem nos traz a luz…não apenas a mãe biológica não, mas aquela aue acolhe, que cuida, que nutre…a mãe Terra, que recebe a todos nós.

E representa também o útero, o que gera, que traz vida, o único órgãop capaz de gerar uma nova e divina Vida! Então, lua cheia é um belo momento pra agradecermos tudo que há de mais belo em nós mulheres: nosso sangue menstrual, nossa gravidez ou nossa menopausa ( 3 fases diferentes, mas todas eleas com suas belezas e profundidade).

Hora de honrar as mulheres que vieram antes de nós, que lutaram por nós….e agardecer aquela que SOMOS, que nos tornamos…

Agradecer aquelas que virão através de nós ou mesmo, aquelas que cuidamos, criamos, nutrimos ( de corpo ou de alma), as que abraçamos, que rimos e choramos juntas…

image

A lua cheia nos dá força pra agir, pra colocar em prática nossos sonhos, lutas e desejos reais…então vá e alcance o que é Seu! 

Realize, crie, seja Você mesma, se respeite, se ame, se conheça cada vez mais e melhor e se amará mais e melhor….e conseguirá distribuir e partilhar esse amor ❤️🙏🏻🌕

Feira da Gestante em Santos tem palestras para grávidas e mães com bebês- agosto 2017

Palestras encontros mensais para gestantes e casais grávidos

image


Todo mês preparamos uma agenda de cursos, aulas, palestras e rodas pra que você que nos acompanha possa se organizar e também participar de nossos encontros e avisar as amigas….

Há cursos que participamos e ajudamos a organizar há mais de 5 anos…

Como o da Clínica Mar Saúde  que  acontece uma vez por mês em Santos, e é gratuito! Vcs podem ligar e agendar, pois o próximo será em 23 de setembro

É só ligar e garantir sua vaga!!!

image


O hospital São Lucas, em Santos, promove todos mês duas Rodas diferentes: uma pra gestantes e outra pra mães já com bebês. GRATIS tbém, só é preciso reservar sua vaga antes!!! 

image

Além das Rodas o hospital promove ainda  o Curso para os casais grávidos, com 4 encontros semanais e  om assuntos diferentes e interessantes para quem quer um Parto Ativo e adequado. Entre os palestrantes estão, a coordenadora do Projeto, a obstetra Izilda Pupo, o pediatra Sergio Almeida, a fisio Kesya, que ensina a trabalhar o períneo, a doula Adriana Vieira  que fala do preparo para o parto, e muito mais…reserve sua vaga ligando lá! 


image


Na Unimed Santos também há cursos para os casais, e duram 5 semanas. É gratuito também e énecessárioser conveniado para participar.

Entre os palestrantes estão a psicóloga Maria Claudia, o médico Roberto Debiski que fa,a sobre meditação e respiração, a doula Adriana Vieira que traz um trabalho sobre a importância do companheiro estar bem informado para colaborar no parto, a obstetra Izilda Pupo entre outros profissionais  como nutricionista, pediatra, e mais…


image


EM Bragança Paulistas as doulas Adriana Vieira  Mari Cordeiro e Patricia Marie conduzem as Rodas de Gestantes e acompanhantes, que acontecem toda última quarta-feira domês e com temas diferentes.

A contribuição é 20 reais e tem sempre um bolinho, cafezinho e chazinho pra adoçar nossa noite! Não é preciso reservar vagas, é só chegar lá no Espaço Cazelato.

Próximo encontro: 30 de agosto

image


Esse mês de agosto iniciamos os Encontros Maternos em Serra Negra, num espaço deliciosos, aconchegante e repleto de profissionais exemplares: a Clinica Inphinita, da fisio Camila Izar.

Os encontros acontecem todo mês por lá, bem como cursos de Shantala e outros ligados a gestação e puerperio

image

Em Socorro as Rodas de Mães acontecem na sede da Namaskar Yoga , bem como as aulas de Yoga Pré natal, curso de Shantala, massagem em bebês e ainda de Preparo parao Parto, para os casais.

As aulas de yoga acontecem todas as segundas e quartas: 19 hs

image

E em Socorro também ministramos cursos e workshops para mães com bebês e gestantes , no Projeto Mandala, um local incrivel, lidissiomo e idealizado pela Dra Beatriz, pediatra e acupunturista . O local conta c uma deliciosa mandala de ervas naturais, muita área verde e u,a paz incrível.

Lá ministramos o I Curso de Shantala para måes om bebês em julho, e agosto e setembro teremos novidades!!! 

Aulas de Yoga Pré Natal + educação perinatal, por Adriana Vieira

image


As aulas de Yoga pré natal com Educação Perinatal foram criadas eelaboradas pela doula, educadora perinatal e instrutora de Yoga, Adriana Vieira, com o objetivo de ir além da prática, para que as gestantes possam entender e conhecer ainda mais as mudanças que acontecem em seu corpo, mente, emoções e os hormonios que modificam e nos trazem muitas novidades.

Durante essas aulas, que tem duração de uma hora e meia, além da prática, as gestantes podem tirar dúvidas num bate papo mais pronfundo e esclarecedor.

As aulas acontecem  todos mês e em cada aula procuramos trabalhar diferentes grupos musculares e tirar dúvidas diversas também.

Fortalecimento de assoalho pélvico, flexibilidade e força do períneo, Respiracões que acalmam e também para a hora do parto fazem parte de nossas aulas. 

Confira aki nossas próximas aulas e mais detalhes

http://materniteconsultoria.com.br/evento/yoga-pre-natal-educacao-perinatal/

Julho 2017 - relatos de partos e emoções...

Lindos partos, muitas emoções e casais queridos, unidos, fortes que passaram por experiências especiais!!! 

Em Santos, o hospital São Lucas tem o Programa Parto Adequado, coordenado há dois anos pela obstetra humanizada Izilda Pupo, e lá acontecem partos bem bacanas e numa sala especial para parto normal, com todo conforto e privacidade! 

Aqui algumas das experiência desse mês de julho contadas pelos casais Adriana Leão e Leo, e tbem por Vanessa e Lincon…

Doula Adriana Vieira

image
image
image
image




image

Semana Mundial do Aleitamento Materno - a Hora do Mamaço - 5 de agosto

image

Lá nos idos de 1991, quando tive minha primeira filha, Aline, além de ganhar esse Ser iluminadinho de presente, e conheci outro alguém também muito especial, a Pediatra keiko Teruya, de quem me tornei amiga e admiradora desde nosso primeiro encontro. FOi ela que me ensinou que eu tinha o poder de nutrir minha filha, e aliás, meus 3 filhos..Thales (hoje com 24 anos) e Dora com 4, e que seguimos com a amamentação até os 3 anos e 2 meses, o que foi maravilhoso pra nós! 


image


Na época em que tive Aline (hj com 26 anos), fazia faculdade e trabalhava e achei que não daria conta de tudo…mas dei, e porque tive muito apoio e boas informações na hora certa. Dra keiko foi luz em meu caminho… e há mais de 26 anos atrás….aliás, ela, a Dra Lais Graci, o Dr Jaime Murahovschi, além do trbalho magnifico que fazem como pediatras, salvam e salvaram muitas vidas de bebês, com o incentivo à amamentação, em regiões carentes na cidade de Santos, e depois, se tornaram consultores em em diversas regiões de nosso país e então hoje, ainda fazem um trabalho maravilhoso em prol do aleitamento materno.

E foi com a Dra Keiko que  aprendi sobre a “ Semana Mundial do Aleitamento materno” todo mês de agosto,  e com o incentivo dela e de outras mulheres me comprometi há 4 anos a organizar os encontros chamado a Hora do Mamaço, em Santos, que fazem parte da Semana Mundial, mas são eventos locais organizados por mães, como eu e você. Esse ano teremos cerca de 100 cidades participando, e qualquer cidade pode fazer parte.

Basta juntar algumas pessoas e marcar um local e horario em sua cidade e avisar a pagina oficial da A Hora do Mamaço no facebook e então se comprometer a passar informações sobre amamentação, de acordo com o preconizado pela OMS: livre demanda, leite materno é forte, dar um peito em cada mamada, nao existe leite fraco, etc, etc, etc…existem cartilhas do ministério com todas essas informações e aue podem ser distribuídas nos eventos.

image

Esse anos de 2017 o evento em a coordenação de Nara Assunção, jornalista, mãe da Luna, que amamenta e sempre prestigiou e incentivou os outros mamaços.

Quem vai estar por lá também mais uma vez é a enfermeira Sandra Abreu, que é consultora em amamentação e que ajuda muitas mães a descobrir seu proprio potencial em amamentar…


image
image

Confira a programação do Mamaço em Santos

image


 Eu e mais duas doulas da cidade de Socorro iremos organizar o mamaço por lá pela segunda vez! Vamos incentivando a cada ano mais mães, pais, avós e profissionais, para que os bebês possam usufruir dos benefícios do leite materno como nutrição e amor, pois ambos são necessários para o desenvolvimento humano. Espalhem as boas infornações tbem…espalhem o mamaço!!! 

image

Roda de Gestantes em Bragança, toda terceira quarta do mês

E iniciamos nossas Rodas de Gestantes em Bragança, no Espaço Cazelato, Eu, Mari Cordeiro e Patrícia Marie. Foi nesse 31 de maio, 19 hs e vamos ter cada mês um assunto diferente pra conversar, explicra, troca ideias, refletir, ensinar e aprender!!!

Essa primeira edição foi mais que especial, com a presença de gestantes, casais grávidos, profissionais de diversas áreas da saúde, doulas e ainda a participação da Dra Sylvia Freire, obstetra humanizada que conduz um grupo em Atibaia, o Maria Flor - assistência à gestação, parto e pós parto.

Turma linda!!!!

E todos mês teremos também um sorteio de um presente da loja online Grão de Gente, que nos prestigiou com uma almofada de amamentação dessa vez. Linda demais!!!

A fotografa Regiane Takahashi também estará sempre por lá com a gente clicando nossos bons momentos!!! 

Gratidão a todos e até junho!!! 

image

Chá de Bençãos - despedida da barriga

Muitas gestantes perguntam hoje em dia sobre o chá de bençãos e a diferença entre esse chá e o chá de bebê, e as diferenças são muitas.

image

Adriana Vieira, Patrícia Marie, Carol Mazzolini e Je

O chá de bençãos tem a intenção principal de abençoar mãe e bebê e ser um rito de passagem dessa mulher que irá se tornar mãe, de filha, se tornará mãe, entre outras grandes mudanças, e que merecem uma atenção especial!!! 

É um ritual dessa passagem, trazendo tudo que Ela precisa pra se sentir pronta para o parto: segurança, acolhimento, cuidados ( pode ser massagem, uma leitura de um texto especial, escalda pés, etc) e todas envolvidas participam.

É um momento de alegria, encorajamento, empoderamento rumo à nova fase: a maternidaden 

O chá pode ser conduzido pela Doula, como era de costume, mas se a gestante não tiver uma doula ainda, pode ser feito por uma amiga especial ou uma mulher da família também.

O importante é aue todas estejam em sintonia e focadas em doar amor, boas palavras, bons pensamentos, boas energias para a mãe e para o bebê.

image

A comida também faz parte desse ritual, e a gestante pode escolher cozinhar para todos que irá receber ou que cada convidada traga um prato para juntas saborearem.

Nos chás que conduzo gosto muito de ter um momento para o casal visualizar o parto, e as rodas feitas ao redor da gestante - e ela fica ao centro - também são parte dessa benção e fortalecem nossos votos de boas energias para ambos: mãe e bebê! 

image

No chá da Patrícia, uma amiga especial fez desenhos e mandalas na sua barriga. Um grande amigo da família ministrou imposição de mãos e boas energias e eu e outra doula amiga fizemos escalda pés e acendemos velas, e cada um dos participantes ( nesse caso haviam homens, mulheres e crianças) disse uma mensagem de amor para eles. 

Comemos frutas e sucos ai ar livre e trocamos e doamos muitas boas energias ao casal e ao Pedro, que chegou logo logo após o chá! 

No chá da Mari, o encontro foi para mulheres, e ela cozinhou para todas! Nos ensinou ainda  a fazer um xampu natural ( já que ele é expert nesse assunto de cosméticos naturais e aromaterapia)  e depois rolou o chá de bençãos, com a presença das crianças e amigas. Todos fizeram suas pinturas na barriga da Mari, inclusive as crianças…

Mariana e Maria Inês, sua filha mais velha, ficaram bem juntinhas, durante a roda, a cantoria, a dança e receberam todas nossas bençãos repletas de amor pra esse novo ser de luz que logo virá nos brindar! 


image

Mãe, por autora anônima 💖


Um mail muito especial….e quero guardar….no coração e pra sempre!!!

Alguém acha que eu não sou desse planeta, não conhece minha mãe! 


Ela veio pronta pra frente da batalha, durana e forte apesar de ser toda a sensibilidade e inocência.
Ela vai pra frente, defende e fala, doa a quem doer (e, normalmente, doí.)

Sensível demais pra entender como as coisas funcionam na vida real…Ela muda, Ela faz acontecer, e questiona. Como pode ser tudo isso assim? Sim, ela  é! 

Cresci no seu mundo mae, e não podia ter tido uma oportunidade melhor.
Hoje sou grata a tudo isso que você me fez e me ensinou..
a não acreditar que a vida eh algo alem do que os seus olhos veem.
o que te doi e te motiva é o que nos faz querer ser.
e dessa motivação vivo minha vida.

Você que me deu a luz tantas vezes, das mais diversas formas
que me faz crescer e renascer e evoluir,
independente de quem esteja no papel de fortaleza. nos somos.

Sempre quebrando todos os padrões em tudo..
trabalhos, relacionamentos, todas suas visões do mundo
visão do coração ….

….antes de alguém pensar em fazer.. você sempre ja sabe. (rs)

Devo tudo a você. toda a minha verdade, toda a sua, em tudo.
toda minha gratidão ao ser humano que você é, e a toda oportunidade que, hoje, vejo que tive de vivenciar essa vida com você.

karmico ou não, nosso nó é eterno e curado.
hoje, eu não mudaria nada do que vivemos.
te amo com todo meu coração

Dicas de leituras na gestação e pós parto - para profissionais e gestantes

Informações confiáveis!!! Esse pra mim é o critério número um pra indicar um conteúdo, um bom livro, como jornalista e como doula.

Então, aproveitei esse mês das mães e selecionei bons livros que devem fazer parte da biblioteca pessoal das gestantes, mães ou futuras mães e de profissionais que trabalham com gestantes

E temos todos eles pra pronta entrega! Mande uma zap pra gente e garanta seu livro!!!(13) 99787-6693

Para gestantes , doulas, médicos, enfermeiras, obstetrizes e profissionais da saúde da mulher:

image

Parto Ativo : R$ 58,00

O camponeses e a parteira: : R$ 35,00


image

Yoga para Gestantes: : R$ 52,00

A doula no parto: : R$ 48,00


Para mães, futuras mães, educadores, cuidadores de bebês e crianças

image

Shantala : : R$ 65,00


image
image

Passei de 40 semanas, e agora?

image

Essa é uma pergunta muito comum entre as gestantes! Chega nessa reta final da gravidez, e a ansiedade começa a tomar conta, os familiares e amigos começam a perguntar diariamente quando o bebê vai chegar, mas ‘as vezes a própria gestante fica mesmo querendo logo ver e conhecer seu bebezinho ao vivo. Muitas já sabe, que a gestação pode chegar até 42 semanas, e mesmo assim…nesse finalzinho há ansiedade…
Mas tenham calma…lembre-se: a tranquilidade e uma boa respiração são parceiros da saúde e bem estar da mãe e de seu bebê, então, respire fundo…e segure a ansiedade.

image

Outra coisa: é importante saber (e se você tem uma doula, já sabe disso), que o bebê tem a hora certa pra ficar maduro e então nascer, e nessa hora, ele mesmo desprende um hormônio que entra na corrente sanguínea da mãe, e então o trabalho de parto se inicia. Tudo muito bem feitinho…a natureza!

Mas hoje quero poder colaborar com alguns exercícios de Yoga pré-natal que as grávidas podem sim fazer no último trimestre, e principalmente, depois de 37, 38 semanas, pode ajudar muito o bebê a encaixar na pelve e descer mais e mais…até que sua hora certa de nascer aconteça!

A Clarice, uma gestante que irei doular, me pediu uma série e aqui vai então, pra todas vocês!

Façam o pré-natal direitinho, escolham um equipe bacana e que tenha tudo a ver com vc e seu companheiro, e então, curta esse finalzinho com muito amor, tranquilidade e expectativas da boa!

image

Vamos lá:

Postura de Pé

Apoie firme seus dois pés no chão, e depois deixe-os seguros, mas tente relaxar mais e mais. Separe seus pés na largura de seu quadril, e agora fique na ponta dos pés, suba inspirando, e desça agachando. Inspire e contraia o períneo (sem contrair a região abdominal), e desça exalando e relaxando o períneo.
Repita de 6 a 10 X , de acordo com seu condicionamento.
Você pode usar como apoio uma bola suíça, ou em casa, fazer perto de uma mesa, da sua cama, ou um sofá que seja firme e estável

image

Postura Agachada

Mantenha-se na postura do exercício 1 e balance seu quadril agachada. Permaneça lá embaixo e conte até 6, depois suba. Repita o exercícios por 6 a 10 X deixando a
respiração livre.

image

Andando de patinho

É assim que é conhecido esse andar agachado, ou seja, terminando o exercícios 2 você pode continuar na posição agachada e então caminhar pra frente, usando mais uma vez o apoio da bola suíça, ou se tiver companhia, a pessoa segura em suas mãos e te ajuda a caminhar.

image

Andando de Gatinho

Dessa vez, fique ajoelhada e em 4 apoios (sobre um tapete de yoga ou mesmo num tapete comum, pra não machucar seus joelhos) e caminhe pra frente. Faça esse caminhar por 2 a 3 minutos, parando quando necessário.

Descansar

É importante na gestação ter momentos de descanso, de corpo e da mente.
Deite na lateral esquerda, e sinta-se bem confortável. Então, comece a respirar com tranquilidade, inspire contando até 3 , e exale contato mais de 4 tempos. Tente manter o foco de sua atenção na respiração…sempre…e faça isso por 5 a 15 minutinhos e sinta os benefícios dessa prática. Vai ser bom pra Você e pro seu Bebê.

image

Namastê

Adriana Vieira - doula, educadora perinatal, instrutora de yoga e shantala

24/4/2017

Parto Ativo de Janet Balaskas - leitura para gestantes

Uma das perguntas mais frequentes feitas pelas gestantes que acompanho como doula, assim que elas começam estudar mais e a se preparar pro parto é se tem algum bom livro pra ler. Tem sim, e uma das funções das doulas é informar e fornecer boas leituras e vídeos, pois apesar das informações atualmente esrarm à disposição, nem sempre são corretas e reais…aqui sim um excelente livro:

image

* Versão atual do Livro Parto Ativo - 5 adição.


Há mais de 10 anos li esse livro e é ele que continuo a indicar: “Parto Ativo”, de Janet Balaskas. É o livro mais completo para as gestantes e também pra profissionais que lidam com o parto e a humanização.


image

*Aqui, a gestante Jessica Nigra lendo “Parto Ativo” no alto das suas 26 semanas.


De maneira didática, com uma liguagem bem acessível e direta, passa todas informações necessárias sobre a fisiologia do parto, as etapas do trabalho de parto, como se dá o nascimento e muito mais…

Tem um capítulo específico mostrando a importância dos exercícios de yoga pré natal e outro que mostra as respirações e massagens que ajudam ao bem estar da gestante.

Há ainda um capítulo dizendo sobre o pós parto, muito importante e nem sempre o casal que se prepara para o parto, pensa no pós parto, mas Janet dá muitas boas dicas.

E na última revisão feita na edição brasileira, Janet - que é sul africana radicada em Londres -  estava por aqui, ministrando um curso no Brasil ( em SP 2015) e depois foi à Santos dar uma palestra em nosso Espaço, na Namaskar Yoga, e então me pediu, e pediu pra outras 3 doulas daqui do Brasil que contassem sobre seus partos e suas doulagens, e tivemos o privilégio de participar da quinta edição do livro onde constam os relatos de parto e várias mulheres de diferentes regiões do Brasil.

*Aqui um pouquinho do meu parto, nascimento de Dora, em 2013

Fotos: Talitha Cicon

image

E aqui minha doulanda, Patricia Graccho, que teve seu segundo filho num parto domiciliar em Santos…

Fotos: Talitha Cicon

image

Janet Balaskas, essa mulher forte e lutadora em prol da humanização, fundou seu Centro de Parto Ativo em Londres nos anos 80, e escreveu seu livro também nessa época, lá na Inglaterra. 

Lá, ela conta ainda toda sua história, seu partos e o “Manifesto pelo Parto Ativo” que fez e que movimentou centenas de mulheres, levando-as para as e ruas de Londres e fazendo com que elas repensassem o contexto do Parto. 

image

E parece que esse movimento agora está chegando por aqui…

Que assim seja!!!

Gratidão Janet, por sua imensa contribuição com a humanização e com todas nós mulheres! 

Assista abaixo, na íntegra a palestra de Janet Balaskas na Namaskar Yoga

Quem doula a doula?

Quem doula a doula?! Sim, somos doulas e aprendemos muito sobre as técnicas e métodos não farmacológicos pra ajudar outras mulheres a passarem pelo momento do trabalho de parto o nascimento do bebê, e quando somos doulas tbem queremos uma doula pra passar esse momento tão profundo e tão especial! Eu tive o privilégio de doular uma doula e serei sempre grata por mais essa linda experiência que vivenciei…

Depois de ministrar uma aula de preparo para o parto, com técnicas de Yoga, na Namaskar Yoga, Patrícia me avisou q começou a sentir contrações e elas vinham já ritmadas… pedi q ela fosse pra casa e pro chuveiro pra verificar se as contrações iriam continuar… e sim, continuaram, com ritmo, força e intensidade! Chamei uma outra doula amiga nossa que se uniu a nós com outros conhecimentos e mais energia boa para o parto de Pedro…e ele colaborava lindamente! Marido feliz, curtindo cada momento…equipe a postos e então…

…ele chegou!!! Calmamente, sem pressa, sem estress, sem gritos desnecessários, num ambiente amoroso, respeitoso…como devem ser os nascimento de mamíferos! Sim, somos mamíferos e logo PEdro encontrou o peito da mãe e por lá ficou..mamando, lindamente! Então recebeu o afago do pai e o amor de todos nós presentes ali, na casa da doula, uma mãe empoderada e merecedora desse lindo momento!!!

#gratidao #felizdemaisporvoces #merecimento #amor #vidadedoula #doula #amoroso #partodomiciliar #partodomiciliarplanejado #feitocomamor #quemdoulaadoula #namaskaryoga #quepossamoscelebrarafelicidadedosoutros #sejafeliz #sejaluz #espalheamor #amor #love #birth #baby #mom #midwife #born

CarnaHelp 2017 - um retorno à infância e brincadeiras de verdade

image

Assim tem sido nosso carnaval 2017, no interior de SP, em Socorro - CarnaHelp: cheio de brincadeiras de verdade, animação e diversão e muitos novos amigos! Já é nosso segundo carnaval por aqui, e Dorinha ( hoje com 3 anos e meio), nunca se divertiu tanto…

image

A maratona do carnaval tem sido puxada para os pais de Dorinha…mas a diversão compensa o cansaço.

Por aqui, o CarnaHelp, como é conhecido, tem matinês na praça da matriz, com direio à banho de espuma e marchinhas antigas, que amamossss! E 

 ano o tema é: “ Lendas da Música Brasileira”, homenageando grandes  da nossa música!!! 

image

Durante o dia tinham 2  opções de carnaval para a criançada! 

Matinê na praça da matriz, com bandas ao vivo e o tradicional “Banho de Espuma”, que nesses dias do sol foi uma excelente opção, com muita diversão….

image
image

 E depois a fonte pra se refrescar….

image

E ainda a matinê do “CLube XV”. Tods tarde acontecia e muita gente corria pra lá até o sol baixar! Marchinhas, muita música de carnaval, samba e mais diversão! Dorinha, Livia, Artur, Clarinha, Enzo, Yasmin, João, Maya e novos amigos curtiam por lá! 

image
image

A novidade pra nós esse ano foi ver os boclos que saem à noite nas ruas da Cidade.
No sábado assistimos o bloco do Neco e foi uma bagunça só, muito divertido! Um grupo de médicos, que vem de Itapira, garantem divresão para as crianças, e claro, pra nós também..

image
image
image
image

E no domingo o destaque foi o bloco Juca Telles ( que veio lá da cidade de São Luiz do Paraitinga), com seus enormes bonecos - como os de Olinda - e arrasaram na avenida!!! Foi lindo demais de ver…

image
image

A criançada curtiu muito o Bloco do Nariz Vermelho, com muitos palhaços e palhacinhos mirins, que além de espalharem alegria, distribuiram brinquedos de verdade: pipas e peões, que se misturavam aos  confetes e serpentinas….recheados  de sorrisos e muita diverão!

image
image
image

Dorinha ganhou pipa e peão no carnaval de rua de Socorro.


 Muito agito pra quem gosta,  com a Carnazumba e sua música animada…

image

E ainda o original bloco dos turistas, que desfilões com foliões que estão hospedados na cidade e vieram em busca de tudo que Socorro: turismo de aventura, e desfilaram com capacetes, um bote de rafting, coletes, bicicletas, capacetes, e muito mais!!! Criatividade e animação não faltaram…

Mas claro, como boa santista (e bairrista) que sou, fiquei toda cheia quando o mestre de cerimônias agradeceu a "galera de Santos” que sempre comparece ao CarnaHelp! Verdade gente, como tem santistas em Socorro!!!

Pra fechar o carnaval, a criançada recuperando suas froças…

image

Viva o carnaval saudável, da brincadeira, da diversão…
Viva o carnaval de rua, da família, da alegria…
Viva os blocos animados, marchinhas e músicas brasileiras de verdade…
Viva o amor, a união e os osrrisos estampados!!!
Viva o CarnaHelp

E aguardem, que ano que vem vai ter bloco novo nessa avenida!!! 

image

E agora bora começar o ano…pra quem ainda não começouuuuu

Bibliotecas na Holanda - menos consumo, mais leitura e brincadeiras de verdade

Encantada! Acho que essa seria a melhor palavra pra descrever o que sinto ao entrar nas bibliotecas e livrarias aqui na Holanda. 

Quando estive em Amsterdam já me encantei com a quantidade e qualidade de livros disponíveis na biblioteca pública, e com a organização, além da beleza e silêncio saudável, que tanto precisamos.

Eu e Dorinha estamos aqui há um mês visitando a família do papai, e aqui na cidada da Oma ( avó em holandês), e a gente tem vindo toda segunda-feira de manhã participar das atividades extras que essa “bibliotheek” oferece. É como se fosse uma brinquedoteca dentro da biblioteca, especialmente pra crianças entre 2 a 5 anos. Então, além dos livros pra gente ler ou levar pra casa por alguns dias, a gente vem brincar também.
Hoje a atividade extra foi alongamento e na semana passada teve música. Semana que vem terá atividade corporal pra todos.

O que mais me chama a atenção por aqui é que todos fazem tudo juntos. Tem duas coordenadoras, mas os pais, mães e avós colaboram com tudo, desde o brincar juntos, até o guardar o que se retirou do lugar - nada mais óbvio, mas vale lembrar.

Os brinquedos ficam guardados em armários abertos, fácil de se visualizar e de escolher com o que brincar. Os pais holandeses dão bastante autonomia para as crianças e vejo o quanto eles se viram tão bem…

Os brinquedos são separados por atividades e idades: jogos educativos, brinquedos de madeiras, de encaixar, memória, legos, etc.

Não preciso nem dizer que num local como esse não há nada que incentive jogos eletrônicos nem monitores…o negócio aqui é estimular a criatividade, o brincar juntos e o construir.

Depois há um tempinho para um lanchinho, um break, e nesse momento todos sentam juntos numa sala ao lado, e comem a fruta (isso mesmo, só pode levar fruta) que trouxeram de casa, mas todos compartilham também. E todos limpam, se sujaram algo e então…


…voltamos pra desenhar, e quem quiser brincar c os jogos etc também fica à vontade.


Ao final tem a atividade extra, que muda a cada semana.

Detalhe: pagamos 2 euros pra ficar por lá duas horas, e recebemos café, chá ou suco e todo dinheiro arrecadado dessas atividades é destinada a compra de materiais para crianças com síndromes diversas poderem fazer seus brinquedos. Eles também tem um dia específico para essa atividade e alguns vendem os brinquedos que constroem.

Meu encantamento vai além do local e da atividade.
É uma questão de incentivo à educação, ao companheirismo, de aprender com o outro, de respeitar as diferenças e de simplicidade.


Todos aqui poderiam comprar esses brinquedos e estar em casa nesse frio de menos dois graus ao invés de vir até a biblioteca, mas vejo a cultura aqui de não incentivo ao consumo desenfreado e as crianças também não são incentivadas a ficar em a Tv ou com tabletes, etc…mais um ponto positivo pra essa sociedade…

Tudo nesse local é simples e isso faz toda a diferença! As crianças se sentem aptas a tentar, a fazer, a descobrir, a ter autoconfiança, a crescer e a acreditar em si mesma.
As crianças holandesas foram tidas como as que crescem mais felizes, e agora entendo um pouco mais vendo a segurança, o fácil acesso a leitura, arte e cultura e a liberdade de escolhas…
A matéria completa sobre está AKI :http://www.telegraph.co.uk/women/family/raise-worlds-happiest-children-time-went-dutch/

Older Posts

Newer Posts

Custom Post Images